Atriz da Globo, Daisy Lúcidi, morre de Covid-19 e causa grande comoção

A atriz faleceu por conta do novo Coronavírus.

Com a pandemia do Coronavírus, muitas vidas foram perdidas. A doença é algo totalmente inédito e cientistas do mundo inteiro estão tentando encontrar medicamentos e informações que possam auxiliar no tratamento da doença. Recentemente, tivemos o anúncio de mais uma vida perdida para essa doença.

Uma atriz veterana afiliada da Rede Globo, Daisy Lúcidi, morreu anos 90 anos de idade por conta da infecção da COVID-19. Muitos artistas se comoveram com a morte de Daisy, já que ela era bastante conhecida no meio por suas brilhantes atuações.

Além disso, muitos familiares lamentaram sua partida, principalmente por conta de não poderem se despedir do corpo adequadamente.

Uma das medidas para evitar a disseminação do vírus afetou diretamente a maneira que são realizados os enterros e velórios, tendo muitas limitações, tudo para não colocar a vida de outras pessoas em risco.

Daisy Lúcidi estava na UTI de um hospital particular localizado em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. Ela foi encaminhada para a unidade de saúde no dia 25 de abril e permaneceu no local, desde então. Infelizmente, a atriz não conseguiu sobreviver as complicações causadas pelo vírus. Ela já tinha 90 anos de idade e se enquadrava no grupo de risco da doença. O Coronavírus já levou a óbito mais de 8.000 brasileiros.

Familiares deixaram suas homenagens nas redes sociais. O neto de Daisy lembrou o seu último aniversário comemorado com a avó, no ano passado, no qual ela completou 90 anos. Além disso, ele agradeceu a todos que mandaram mensagens de carinho e condolências.

Daisy Lúcidi fez bastante sucesso tanto nas televisões quanto nas rádios das mídias brasileiras. Ela atuou em dezenas de papéis e comandou seu próprio programa de rádio por quase 50 anos. Também fez carreira na política, sendo eleita deputada federal do Rio de Janeiro.

Para quem não se lembra, ela participou das seguintes novelas da Rede Globo: “Homem Proibido”, de 1967,“Paraíso Tropical’, de 2007, “Passione”, de 2010, e “Geração Brasil”, em 2014.

Escrito por Juliana Gomes De Souza

Colunista de notícias sobre diversos assuntos. Apaixonada por literatura e a arte da escrita. Escrevo sobre tudo que envolve o mundo do entretenimento, além de falar das principais noticias sobre o dia a dia.