Famosos que perderam a vida por causa do cigarro e você não fazia ideia

Famosos que perderam suas vidas cedo demais por causa do vicio do cigarro.

O cigarro é um dependência que mata milhares de indivíduos todos os anos. E nessas estatísticas, os famosos que tiveram uma contato de enorme data com o cigarro também acabaram encamando e perdendo a vida.

Alguns você não sabia que haviam morrido por esse razão.

De acordo com cerca de 4.720 substâncias químicas, o tabaco é um dos maiores maus que o mundo luta. Por ser uma entorpecente permitida, é vendido livremente pelos comércios.

Por ser tão fácil de comprar e tão autodestrutivo, o cigarro mata milhões de pessoas ao redor do mundo e há muitos famosos vítimas desse assassino. Paulo Autran e Mara Manzan são alguns deles.

Paulo Autran

O ator nasceu em 7 de setembro de 1922 e faleceu em 2007 aos 87 anos. Várias dessas décadas foram vividas em volta de um vício: fumar. Por conta disso, lamentavelmente, o artista faleceu com enfisema pulmonar. O cigarro venceu mais uma das pessoas mais famosas e queridas do mundo e fez com que um importante ator nos deixasse com saudade.

 

Mara Manzan

Outra artista dentro da categoria de famosos que morreram por causa do vício em cigarro foi a Mara Manzan. A Odete, da novela O Clone, também viveu boa parte dos 57 anos tendo que conviver com o vício do tabagismo. Ela morreu em 2009 por causa de um câncer no pulmão.

José Wilker

Um dos atores mais importantes do país por infelicidade entrou para essa trupe de talentos que se renderam ao vício de fumar. Wilker faleceu por causa de um infarto, certamente gerado pelo cigarro.

Um dos amigos de trabalho dele, Paulo Betti já deu declarações falando sobre a questão. “O Zé sabia usar bem aquela voz dele, aquele timbre forte, até causado pelo cigarro, que certamente foi o motivo desse enfarto. Ele fumava demasiadamente, era bem enérgico”, disse para o site O Fuxico.

Esses foi uns dos famosos que perdeu a vida, por um vicio  que levaram eles a perder suas vidas cedo demais, atores (A), talentosos demais que brilhava na televisão, cenema, teatro e hoje estão brilhando no céu.

Um pequeno alerta não caia no vicio do cigarro a cada ano ele esta fazendo mais vitimas

Escrito por Robson Pires Soares

Redatora de notícias do meio cristão e atualidades da nossa sociedade. Buscando trazer sempre o melhor conteúdo para nossos leitores.