Fantástico ao mesmo tempo que comove brasileiros, recebe enxurrada de críticas ao expor detalhes do assassinato no Carrefour

A reportagem sofreu críticas.

O Fantástico é um programa exibido pela emissora Globo aos domingos que busca informar a população brasileira sobre as principais informações e notícias do país. Recentemente, um caso deixou a maior parte da população chocada. Se tratou da morte de um homem negro dentro de um supermercado da rede Carrefour, na véspera do dia nacional da Consciência Negra.

O homem foi morto após ser agredido por dois seguranças dentro da rede de supermercados. A causa de sua morte foi apontada como asfixia. E a vítima foi identificada como João Alberto Silveira de Freitas, de 40 anos. Um dos seguranças era da Polícia Militar. A causa da briga teria sido um suposto desentendimento entre João e uma funcionária, que acionou os seguranças.

O caso gerou uma grande repercussão e revolta no país. Diante disso, foi anunciado nas chamadas para assistir ao Fantástico, que o caso seria abordado no programa.

Confira abaixo:

Além disso, eles informaram que trariam uma cobertura completa do que teria levado a morte de João, com acesso a câmeras exclusivas e outros detalhes inéditos.

No programa, um advogado negro participou das discussões e comentou sobre questões legais envolvendo o racismo no país. O Fantástico ainda reuniu entrevistas com a esposa de João e o seu pai. Ele tinha quatro filhas.

Confira a reportagem abaixo:

Porém, logo que a reportagem foi ao ar sofreu críticas por parte de alguns internautas nas redes sociais.

 

Escrito por Juliana Gomes De Souza

Colunista de notícias sobre diversos assuntos. Apaixonada por literatura e a arte da escrita. Escrevo sobre tudo que envolve o mundo do entretenimento, além de falar das principais noticias sobre o dia a dia.