‘Não vou morrer’, diz cantora gospel pouco antes de perder a vida enquanto fazia café

A cantora estava na cozinha de sua casa, no Rio de Janeiro, quando morreu.

Eunice Veiga estava na cozinha de sua casa neste último sábado (12), em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, preparando um café por volta das 16 horas quando foi atingida. O projétil disparado por uma arma de fogo atravessou seu pescoço e ficou alojado em seu pulmão.

Ela gritou e conseguiu caminhar até a sala, mas caiu nos braços da filha de 23 anos. Rayane ficou em choque ao ver a mãe naquele estado e paralisada pensava o que poderia fazer para salvá-la.

Não vou morrer não, eu tenho Jesus no coração“, disse a cantora gospel que foi colocada no carro de um vizinho e levada às pressas para o hospital, mas depois de uma hora e meia os médicos vieram com a triste notícia.

Eles explicaram que a vítima não sangrou por for porque a hemorragia foi interna e não tiveram como salvá-la.

Ela morreu ao 59 anos, deixando familiares e amigos desesperados. Antes de ser atingida, Eunice estava conversando com uma prima no WhatsApp e foi avisada de que deveria se abaixar justamente para não correr o risco de ser atingida por uma bala perdida.

Ela explicou à prima que estava terminando de passar o café e logo em seguida sairia da cozinha, mas não deu tempo. Ela era cantora gospel e não viu teve oportunidade de terminar sua primeira canção que foi gravada em um estúdio.

Neste mesmo dia outras duas pessoas foram baleadas, mas estão fora de perigo. A polícia está investigando o caso, mas ninguém ainda foi preso.

Escrito por Russel Morais

Escrevo notícias sobre o mundo dos famosos, os últimos acontecimentos do Brasil e no mundo, além de curiosidades, dicas, economia, tecnologia.